Invencionices


Aqui você encontra outras coisas que me dá na telha de inventar, como as máquinas Arcade e outros móveis e objetos que necessito de alguma forma.


Gabinetes Multi Jogos (Máquinas Arcade)


RETRO MACHINE: sonho de criança que se realizou primeiro em 2008, como a ajuda de meu Irmão Luiz Felipe, que me ajudou na montagem da máquina e parte elétrica.







 Antes de Tudo, tinhamos nosso PC ligado na entrada de super vídeo da TV, uma bancada com dois controles arcades de PSX que eu havia comprado nos camelôs. Desmontamos os controles e fizemos a primeira versão da Retro Machine, como nosso PC anterior, um K6II 500MHz. Meu irmão ainda fez uma interface para adicionar botões em um velho volante que usava a antiga porta de jogos (a antiga porta MIDI).




Alguns meses e adicionamos alguma decoração. Até aqui ainda usávamos um velho monitor de 15 polegadas.






 A data das fotos estão erradas. Talvez fosse 2010, já não lembro mais, mas fiz uma reforma completa na máquina. O PC mudou para um Core 2 Duo, o monitor de 15 deu lugar a uma TV de tubo plana de 21 polegadas. O volante por um mais novo, USB com Rumble (tremer). O painel de controle todo refeito, novos botões, manches, arte personalizada, acrílico. Ainda, um controle de N64 para jogos que necessitam controles analógicos, e uma cadeira que fiz com sobras de madeira e tecido, além do cambio manual para jogos de corrida. Logo em seguida adicionei uma pistola USB, para os jogos de tiro, enviada pelos correios pelo Luiz Felipe.





 Por fim, a última atualização foi lá por 2011 ou 2012. Adicionei mais luzinhas (leds) no painel de controle, meu irmão me enviou um volante G25 (com force feedback) e um controle USB de Saturno. Atualmente, por necessidade de usar o PC da máquina, e por ainda não ter espaço na casa que eu minha companheira construímos (com vários espaços ainda em obras) essa máquina está desmontada e desativada. Daqui a uns anos pretendo remontar ela com um monitor maior, de LED, novo acabamento ao redor do monitor, e um PC mais potente.

Vídeos da Retro Machine em funcionamento:







RETRO BLUE: Quando reformei a primeira vez a outra máquina fiquei com peças sobrando, um antigo PC, além de pedaços de MDF. Na tentativa de fazer uma máquina que pudesse ser transportada.




Vers. 1.0.0 - Feita com muita coisa que eu tinha sobrando, como o velho K6 II 500MHz, os antigos controles da Retro Machine, um monitor de tubo de 17' (acho que era isso), e meu antigo adaptador multitap para ligar 4 controles de SNES em um PC (eu e o Felipão fizemos esse adaptador a muitos anos atrás, acho que no início dos anos dois mil).




Vers. 2.0.0 - Agora, em 2016, resolvi dar mais um upgrade na Retroblue. O monitor de tuvo de 17 deu lugar a um monitor LCD de 19 polegadas, maior e muito mais leve (agora eu consigo carregar a máquina sozinho até o carro). O PC também teve um upgrade, agora é um Core 2 duo rodando a 2.7 GHz, sendo o vídeo apenas o do chipset on-board. Como adição, fiz um módulo separado de volante (pra ela continuar portátil), e estou reconfigurando os games mantendo um backup automatizado das configurações antigas (assim posso "des-plugar" o volante e rodando um arquivo BAT mudar de uma configuração a outra).

Retroblue no evento Code in the Dark, do Cafundó,
ao lado do Vivarium, de Alexandre Chaves.



 Videos da Retro Blue em ação (são da Vers. 1.0.0)









...






Máquina do Vini: Máquina que ajudei a um amigo a construir. Ele queria um design mais "slim".








Outros Móveis: Pra quê comprar móvel de aglomerado em lojas de departamento, daqueles que se esfarelam, se podemos fazer eles com materiais baratos e mais resistentes? MDF laminado, ou os m´veis de OSB que eu e a Ju fizemos para a primeira casa em que moramos.



Da esquerda para a direita: 1) Móvel para LPs (discos de vinil); 2) estante para TV, videogames, CDs e DVDs; 3) revisteiro para HQs antigas; 4) tampo para mesa que ganhamos; 5) Prateleiras para livros; 6) Mais prateleiras para livros.













4 comentários:

  1. Hahahah deu até uma nostalgia!! Andei pesquisando umas plaquinhas, hoje em dia dá pra fazer muita coisa com raspberry pi e outras plaquinhas até mais potentes. O despenho deve ser melhor que o do K6II+Voodoo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O desempenho deve ser maior sim. Esses micro PCs rodam linux né? Tem vídeo no youtube de arcades em miniatura, e outras coisas do tipo. Montar um "videogame caseiro" com um PC desses, hoje em dia, é fácil.

      Excluir
    2. Também tem muita opção pra controles personalizados. Desde placas usb dedicadas até portas GPIO nessas placas system on a chip (SOC) ou arduino que podem receber qualquer tipo de entrada digital ou analógica, programáveis.

      Excluir
    3. Legal, isso resolve um problemão, e os controles ficam menos "enjambrados".

      Excluir