Games

Games que realizei ou participei de alguma forma, além dos games frutos das atividades nas minhas aulas de Artes. Clique no título do game para acessar sua página.

Finalizados



Virgil's purgatory





Meu terceiro game autoral. Um "metroidvania" no estilo Game Boy que mistura a história do Cangaço Brasileiro com a Divina Comédia de Dante Alighieri.

Ano de lançamento: 2016
Versão atual: 1.0.0
Engine: ARGS
Sistema: PC Windows

MarloW in Apocalyptic Acid World.




Meu segundo game. O que era pra ser um projeto de 6 meses levou dois anos. Um game que tenta imitar as mecânicas do Super Mario, mas ambientado em um futuro Distópico.

Ano de lançamento: 2016
Versão atual: 1.0.1
Engine: ARGS
Sistema: PC Windows
Segundo ano que fiz game com os alunos. Com a experiência do ano anterior, caprichamos mais na pré-produção, planejando bem a narrativa e as fases. 2 bimestres letivos inteiros de trabalho com 6 turmas.

Ano de lançamento: 2015
Engine: ARGS
Sistema: PC Windows
Primeira tentativa de fazer um game com os alunos na escola. Fizemos em apenas um bimestre, sem muito planejamento, como um experimento mesmo. Ainda assim os resultados surpreenderam.

Ano de lançamento: 2014
Engine: ARGS
Sistema: PC Windows

As Aventuras de Zé Baldinho




Meu primeiro game. Apesar de várias falhas de planejamento e level design, é o game que começou tudo isto. Fazendo este eu provei para mim mesmo que era possível fazer um game com poucos recursos.

Ano de lançamento: 2013-2014
Versão Atual: 1.0.2
Engine: ARGS
Sistema: PC Windows



Hacks e Mods:


Megaman Redux - NES Hack


O que começou como um exercício de pixel art acabou em um hack gráfico de um game do NES.




Projetos Inacabados ou em Andamento



Enkid



Game inacabado que fizemos em equipe para a Ludum Dare 35. participei da criação coletiva do conceito e história, e fiz os sprites e cenários de fundo provisórios, tudo na correria. Versão Alpha, com vários bugs. Pode ser jogado online.

Ano: 2016
Autores:
Daniel F. N. Machado
Lucas V. Machado
Paulo A. M. Villalva
Ramon G. V. Schneid




Nenhum comentário:

Postar um comentário